Ricardo Abreu visita seleção CV e participa de revisão final de animais para o 63o Leilão de Carlos



Nos 29 e 30 de maio, o gerente de Contas Corte da CRV Lagoa, Ricardo Abreu, visitou a Fazenda São José, pertencente a Carlos Viacava, em Paulínia (SP), para fazer a revisão final dos animais que estarão presentes no 63o Leilão CV, que será realizado no dia 23 de julho.

Foram apartados sete touros da safra 2015, todos top nas avaliações genéticas, com DEPs aliadas às características da ANCP e do PAINT, como carcaça, conformação, precocidade e musculosidade, somados à revisão final do CEIP com as notas do técnico para a raça, aprumos e harmonia, com ótimo padrão racial e também opção de pedigree. Também foram apartados sete touros para reserva do repasse da inseminação artificial dentro da seleção CV.

Ricardo Abreu explica que a marca CV é uma parceira de longa data da CRV Lagoa, contando, atualmente, com 11 touros com sêmen disponível na bateria. “São animais de destaque em avaliação genética e grandes referências dentro do Nelore Mocho, como Jaguarari de CV”, destaca.

A seleção CV também traz touros que, além de serem destaque nas avaliações genéticas, são CEIP, como é o caso de Zum de CV, um dos grandes nomes da safra 2013. Com sêmen disponível, o reprodutor está sendo muito utilizado nos testes de progênie, pois alia carcaça com muita musculatura e precocidade. Ele estará entre os reprodutores que a Central vai levar na ExpoGenética 2017, em Uberaba (MG).

Atômico de CV, da safra de 2014, também merece menção, pois foi um dos destaques tanto nos testes de progênie quanto no leilão do PAINT, em 2016.

“Nessa revisão final, o que mais me chamou a atenção, tanto nas novilhas quanto nos machos, foi a produção do Veterano de CV. O touro realmente vem imprimindo uma carcaça moderna, colocando muita costela em sua progênie, muito acabamento de carcaça, muita musculatura no posterior e ótimo padrão racial, dando animais no caráter mocho, aliado a um padrão racial com destaque para a beleza e cupim de excelente tamanho e forma, proporcional à carcaça moderna”, ressalta Abreu.

Terrantes, que chama atenção por sua ótima produção, estará neste ano com prova completa dentro do Sumário PAINT Consolidado, sendo líder Deca 1, ou seja, top até 10% nas características que compõem o Índice PAINT.

De acordo com Abreu, a seleção CV sempre foi uma referência em melhoramento genético. A partir de 2011, a parceria foi consolidada com todo o rebanho também sendo avaliado no PAINT. “Unimos o grande trabalho de seleção ao longo dos anos com as características, tanto de crescimento, perímetro escrotal e, principalmente, as características lineares de carcaça, que agregam mais informação na seleção CV”, explica.

Carlos Viacava destaca o excelente trabalho de Ricardo Abreu, que todos os anos ajuda a montar os lotes e as baterias dos leilões. “Estamos preparados para mais este evento e também para o leilão do PAINT, pois foram escolhidos exemplares muito bons. Além disso, outros animais, os melhores touros e cabeceiras dos leilões, são indicados para centrais de inseminação. Agradecemos ao Abreu por mais essa visita”, finaliza.

O 63º Leilão CV reunirá um total de 370 animais, sendo sete lotes de vacas paridas e prenhes, 55 novilhas da safra 2015 prontas para a próxima estação de monta, 60 novilhas da safra 2014 com prenhez confirmada e 250 touros da geração 2015 com ótimas avaliações genéticas pela ANCP.

O grande destaque do remate são dois reprodutores da safra 2014, que foram utilizados no repasse das fazendas no ano passado e que estarão completando três anos de idade.

O leilão acontece no dia 23 de julho, com transmissão pelo Canal do Boi e comercialização através do Programa leilões.