Marca CV contribui para estudo publicado em renomado site de pesquisas



Recentemente, o renomado site Livestock Science publicou o artigo “Efeito genético e sexual na predição genômica do desenvolvimento de chifres em bovinos Nelore”, produzido pela Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP), em parceria com instituições de ensino e o criatório CV Nelore Mocho.

Com uma visão inovadora e compromisso com o bem-estar animal, a marca CV se destaca como pioneira na seleção de animais Nelore naturalmente sem chifres, utilizando a DEP para caráter mocho em suas estações de monta desde a safra de 2022.

Essa iniciativa visionária contribuiu significativamente para o estudo da ANCP no fornecimento de dados fenotípicos valiosos que permitiram desvendar os segredos genéticos e sexuais que influenciam o desenvolvimento de chifres na raça.

A pesquisa também utilizou os registros fenotípicos e informações genotípicas de animais Nelore pertencentes à Fazenda Guaporé, localizada no Estado de Mato Grosso do Sul. Ambos os criatórios disponibilizaram um pedigree composto por 48.527 animais, dos quais 19.136 possuíam fenótipos registrados para a característica pesquisada.

Além de validar o método de avaliação do fenótipo para o desenvolvimento de chifres, a pesquisa comprova a robustez da Diferença Esperada de Progênie (DEP) fornecendo evidências científicas sólidas que respaldam a utilização dessa ferramenta inovadora para a seleção de animais naturalmente sem chifres na raça Nelore.

Ricardo Viacava, diretor da marca CV Nelore Mocho, ressalta que a ferramenta prevê com alto grau de acerto se o fruto de um determinado acasalamento nascerá mocho ou não. “Assim, juntamente com a genômica, a utilização de animais mais jovens traz um menor intervalo entre gerações e, com isso, aumenta de forma exponencial os ganhos genéticos”, explica.

O criatório CV Nelore Mocho se consolida como referência em inovação e compromisso com o bem-estar animal, contribuindo significativamente para o avanço da pesquisa genética bovina e para o desenvolvimento de tecnologias que beneficiam a pecuária brasileira e global.

Para acessar o artigo completo, acesse www.sciencedirect.com.